Bibliotecas Escolares de Matosinhos

fghjjjh.jpg    
TÍTULO/RESP.:

Sobressalto e espanto : narrativas literárias sobre e para a infância, no neo-realismo português / Violante F. Magalhães; fot. Alves Redol, Firmino F. Canejo

AUTOR(ES):

Magalhães, Violante F.Redol, Alves, 1911-1969Canejo, Firmino F.

EDIÇÃO:

1a ed

PUBLICAÇÃO:

Lisboa: Campo da Comunicação, 2009

DESC.FÍSICA:

352 p. : il. ; 23 cm

COLECÇÃO:

Documentos

ISBN:

978-972-8610-89-0

D.L.:

PT - 302257/09

NOTAS:

Várias narrativas neo-realistas portuguesas apresentam protagonistas infantis - assim os romances Esteiros (1941) de Soeiro Pereira Gomes, Fanga (1943) de Alves Redol, Vagão «J» (1946) de Vergílio Ferreira, alguns contos de Aldeia Nova (1942), O fogo e as cinzas (1951) - ambos de Manuel da Fonseca, Refúgio perdido (1950) de Soeiro Pereira Gomes, e Constantino (1962) de Alves Redol. Este último autor publicou também narrativas para crianças: em 1956, A vida mágica da Sementinha, texto imbuído de marcas neo-realistas, e, em finais dos anos 60, quatro contos incluídos na série A Flor (A Flor vai ver o Mar, A Flor vai pescar num bote, Uma Flor chamada Maria, Maria Flor abre o Livro das Surpresas), nos quais persistiam idênticas marcas. O presente ensaio tenta provar como estes volumes trouxeram um contributo maior quer à literatura portuguesa que tematizava a infância, quer à que lhe era destinada

ASSUNTOS:

Literatura portuguesa -- Crítica literáriaNeo-realismo

CDU:

82.09

DATA PUB.:

2009

Monografias  
COTASIGLACÓDIGO BARRASNÚMERO INVENTÀRIOOBS.ESTADO
82.09 MAG SOBESPL|Escola Básica e Secundária do Padrão da Légua30070001498214982 Livre