Bibliotecas Escolares de Matosinhos

O autómato.jpg    
TÍTULO/RESP.:

O autómato / Alberto Moravia; trad. Manuel Martins de Sá

AUTOR(ES):

Moravia, Alberto, pseud.Sá, Manuel Martins de, trad.

PUBLICAÇÃO:

Lisboa: Europa - América, [D.L. 1972]

DESC.FÍSICA:

222, [2] p. : il. ; 18 cm

COLECÇÃO:

Livros de bolso Europa-America; 40

NOTAS:

O presente livro, O Autómato, do célebre escritor italiano contemporâneo Alberto Moravia, compõe-se de uma série de quarenta e um contos.
São contos-relâmpagos, disparados como flashes, mas profundamente densos, formando, no conjunto, um caleidoscópio fulgurante em que, sucessivamente, se manifestam os mais diferentes aspetos da psicologia do homem e da mulher. Embora as personagens e os ambientes variem, uma problemática comum a assegurar a esta obra: a unidade na diversidade.
Efetivamente, nesta sequência de contos — em que Moravia se revela um mestre indiscutível na arte de analisar-contar as reações humanas — encontramos quase sempre um homem e uma mulher que se confrontam, que dialogam, que questionam, que se interrogam sobre as razões ou não razões de viverem em comum. Ocorrem frequentemente ideias de separação e de fuga, sentimentos de não afinidade e de desconhecimento recíproco entre os dois partners de uma ligação amorosa. Perante uma tal situação, é o diálogo que vem a constituir a principal riqueza. Estranho, invulgar, anormal, mas carregado de significado, acaba por se nos impor verosímil e fazer de nós próprios um dos dialogantes.
Nesta mesma coleção foi já publicada outra obra de Moravia: o romance A Giociara.

ASSUNTOS:

Literatura -- Prosa Narrativa -- Romance

CDU:

82-3

DATA PUB.:

1972

Monografias  
COTASIGLACÓDIGO BARRASNÚMERO INVENTÀRIOOBS.ESTADO
82-3 MOR AUTESPL|Escola Básica e Secundária do Padrão da Légua3007000092989298 Pedido Depósito