Bibliotecas Escolares de Matosinhos

moinho.jpg    
TÍTULO/RESP.:

O moinho à Beira do Rio / George Eliot; Tradução de Cabral do Nascimento

AUTOR(ES):

Eliot, George, pseud.Nascimento, João Cabral do, 1897-1978, trad.

EDIÇÃO:

4a. edição

PUBLICAÇÃO:

Lisboa: Portugália Editora, 1969

DESC.FÍSICA:

578, 1 p., 1 fl. : il. ; 21 cm

COLECÇÃO:

Os romances universais; 1

NOTAS:

Tiragem 3100 ex.
Obra de George Eliot, pseudónimo de Mary Anne Evans, foi publicado pela primeira vez no ano de 1860. Narra a história de Maggie Tulliver, a protagonista, e do seu irmão mais velho Tom, desde a sua infância até ao fatídico acontecimento que põem fim à vida de ambos. A relação entre os dois irmãos desde o inicio é conturbada, pois o feitio de Maggie, idealista e sonhador, é muito diferente do feitio, frio e racional, de Tom e quando Maggie inicia uma relação romântica com Philip Wakem, filho do inimigo da família Tulliver, o afastamento entre os irmãos aumenta. No decorrer da narrativa, Maggie apaixona-se pelo namorado da sua prima Lucy, Stephen Guest. Apercebendo-se que o seu amor é correspondido, a protagonista enfrenta uma grande luta interior para resistir aos seus desejos, e preservar a felicidade da sua amada prima e de Philip Wakem, por quem sente um carinho especial.
Esta obra é tida como autobiográfica, visto que Mary Anne Evans esteve 20 anos envolvida com um homem casado, George Lewes, o que poderá estar relacionado com a luta interior de Maggie e a sua relação conturbada com Tom, à semelhança da relação de Evans com o seu irmão Isaac.

ASSUNTOS:

Literatura -- Prosa Narrativa -- Romance

CDU:

821.111-31"18"; 82-3

DATA PUB.:

1969

Monografias  
COTASIGLACÓDIGO BARRASNÚMERO INVENTÀRIOOBS.ESTADO
82-3 ELI MOIESPL|Escola Básica e Secundária do Padrão da Légua3007000099939993 Pedido Depósito